quarta-feira, 29 de outubro de 2008

A realidade que os cercam
O preconceito hoje em dia atrapalha e muito a reintegração de pessoas que já passaram por sérios problemas pessoais, tais como drogas, prisão etc. Um ex presidiário, por exemplo, mesmo já tendo pagado sua pena na cadeia, continuará enfrentando sérios problemas aqui e fora ao procurar um emprego, porque nunca o dão chance de se reintegrar a sociedade.
A miséria, a fome, a desigualdade social, está por traz disso. Um homem desempregado que vê seu filho chorar por não ter comida em casa, de tão desesperado, sai as ruas e entra para o mundo do crime, das drogas. Ele rouba para alimentar seus filhos, ele se droga para aliviar sua realidade, porém vem o governo e dá um prato de comida. Do que adianta ganhar esse prato se só vai alimentar-lo durante um dia? Nada, não adianta nada, pois a comida acabará e ele voltará a sua realidade. Não é necessário um prato de comida e sim uma oportunidade para consegui-lo. Se desde o principio tivéssemos uma educação decente nas escolas públicas, mais ofertas de emprego, oportunidades para aqueles que precisam de uma nova chance, com certeza a realidade de muitos mudaria para melhor. Não haveria tanta desigualdade social.
Recuperar um individuo hoje e integrá-lo à sociedade se torna difícil pois a realidade de vida que o espera não mudou, novas oportunidades ainda não surgiram e ao contrário do esperado, tudo se tornou foi ainda mais difícil para ele.

sábado, 4 de outubro de 2008

Desfile Anjo Azul

video

Hoje estou aqui para divulgar um dos meus trabalhos com vitrine viva, que fiz com a modelo Flaviana Santos para a loja Anjo Azul em Comemoração aos 100 Anos da Imigração Japonesa.

video

Fim dos tempos

Em muitas religiões hoje em dia, prega-se que o Apocalipse está chegando, que o mundo vai acabar em fogo. Porém o fim do mundo já está chegando, é pai que mata filho e filho que mata pai, isso sim é o fim dos tempos, da humanidade.
Ao ligarmos a televisão, só vemos noticias trágicas: crianças de dez e doze anos mortas e esquartejadas, e o pior, pelo próprio pai e pela madrasta. O pai que amou, que cuidou, que alimentou, fazer isso com os próprios filhos? Aonde esse mundo vai parar? Gostaria realmente de saber se há um porquê para isso, pois isso é uma brutalidade e crueldade. Nem os detentos, que já estão presos por crimes bárbaros também, não aceitam esse tipo de violência contra a própria família. Por isso, muitos estupradores, assassinos de pais, etc. morrem na prisão.
Antigamente os desentendimentos entre as pessoas resultavam em alguns “socos e pontapés”, mas logo se resolviam e não passavam disso. Hoje, se você tem algum problema com alguém, você já é ameaçado de morte. São crianças que vão armadas para escola e matam. Crianças que deveriam estar brincando, divertindo-se, estão traficando e matando.
O mundo não acabará em fogo, e sim nos pequenos detalhes que a vida infelizmente vai nos proporcionando aos poucos.Isso sim é o fim dos tempos!